Vinyl 1x05/06 - He is Racist/ Cyclone


No episódios anteriores já era possível sentir uma empatia forte por Devon, mas em "He is Racist Fire" conseguimos nos aprofundar mais em seu desgosto pelo marido. Se havia alguma esperança de resgatar alguma felicidade, esse episódio deixou claro que Richie não se importa da mesma maneira com a relação.

Desde o primeiro episódio, Richie tem provado ser cada vez mais egoísta, e caminha para uma autodestruição lentamente. O ponto alto desse rumo foi oferecer a própria mulher para conquistar Hannibal. Apesar dele não aguentar ver os dois juntos na sua frente, não pode esquecer que ele pediu por isso. Sentir ciúme da mulher por algo que ele conduziu só mostra o quanto é instável emocionalmente.
Por outro lado, temos Devon ainda esperançosa para salvar o casamento. Foi triste vê-la perceber que o marido prefere agradar um cliente do que fazer algo para ela. Ao aproveitar da situação com Hannibal, acredito que Devon esperava arrancar algo de Richie, mas a tentativa só resultou em uma frustração maior.

Hannibal foi quem conseguiu o que queria. Embora não tenha gostado muito do jeito que Cece foi deixada de lado, o personagem é interessante. Além disso soube como levar Richie, e testou até onde chegava sua vontade em contratá-lo. 
Desgastado e sem saber onde recorrer, Richie procura uma ex funcionária, e pelo jeito antigo amor também. Não gosto muito da forma que ele trata as mulheres, mas me simpatizei com Andrea. Em poucas cenas, a personagem demonstrou ter opiniões fortes. Talvez ela consiga salvar a American Century.

O foco do episódio também foi para Nasty Bits. A banda tem muito o que melhorar, mas o talento deles é indiscutível. Principalmente por ser uma época que o punk estourou nas rádios. Kip não gostou muito das sugestões, e até compreendo seu apego com o amigo. No entanto, para obter sucesso é necessário mudar. Richie entende disso, apesar de não ser uma boa pessoa.

Conforme o rumo era conduzido, em "Cyclone" podemos ver Richie definitivamente no fundo do poço. O empresário encontra-se destruído pelas drogas e por suas atitudes. Apesar dele mesmo ter escolhido ir por esse caminho, não há como odiar o personagem por completo.

Ao perceber que Devon não retornou para casa, Richie se aprofunda mais nas drogas. É partir disso que Ernst entra na história. Através da amizade deles, percebemos como a personalidade dos dois é compatível. Ambos são influenciados a cometer erros. O plot twist foi feito com maestria. Consegui entender apenas quando Devon surtou ao ouvir o nome do amigo do marido.

Mais uma vez, Devon brilhou lindamente. É impossível não torcer por ela. Olivia Wilde tem todo o carisma e consegue colocar isso na personagem. Sua amizade com Ingrid é interessante, afinal sabemos que ela tem onde recorrer.
Ao retornar para casa, Richie consegue atingir seu ápice em ser detestável, e finalmente Devon sai de casa com as crianças. Espero que seja definitivamente,

Aliás, acredito que a  inclusão de Andrea na empresa não vai agradar muito Devon. Além disso, os sócios também não acreditaram muito na investida nela. Por outro lado, a empresa precisa de alguém visionário, e a personagem representa isso. Introduzir David Bowie no episódio, foi incrível. Uma homenagem para aplaudir de pé.

Da mesma forma que a vida pessoal e profissional de Richie é ruída, a amizade do empresário com o sócio, Zak também é abalada. Tudo isso é fruto de suas ações. Afinal, não valorizou a opinião dos sócios, e preferiu se fechar no próprio mundo e na cocaína.

Os episódios caminham lentamente, mas exploram cada lado dos personagens. Embora a parte musical não tenha ganhado muito foco, o crime do primeiro episódio também não ganhou muito destaque. "Cyclone" trouxe um plot twitst muito interessante, e a curiosidade por saber o rumo de Richie é grande.
Share on Google Plus

About Caroline Lustoza Boos

Cinéfila assumida. Apesar de colecionar séries, One Tree Hill ocupa maior parte do seu coração. Apaixonada por todos os filme de Alfred Hitchcock. Consumista por séries, filmes,livros, bonecos e afins. Sonha em rodar o mundo. É mãe de 3 gatos, porém, se pudesse teria muito mais. É reservada, mas quando faz uma amizade de verdade, leva para a vida inteira. (instagram/snapchat: @cahlboos)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário