Empire 2x14 - Time Shall Unfold

Todo dia um Impeachment diferente...

O episódio dessa semana representou a calma antes da tempestade. Tivemos a grande revelação de Anika, Andre voltando dez casas no jogo da vida, Lucious sendo odioso como sempre e alguns momentos do advogado do Big Lyon que, apesar de pequenos, foram reveladores - principalmente o do final do episódio!

"You gonna take me out like Jamal? Or treat me like garbage like Dre? But know one thing, old man, I ain't never bowing down to you." Ele voltou ao posto de CEO e eu não poderia estar mais triste ao acompanhar a escalada de esquemas e artimanhas ardilosas para que isso fosse concretizado. Lucious roubou a coleção Antony and Cleopatra, plantou drogas nos bastidores da grande tour feminina e ridicularizou Hakeem na roda de perguntas ao CEO acusando-o de ser responsável por todos os problemas que ele próprio causou. Todos sabíamos que este dia chegaria, mas vê-lo retornar como uma peregrinação altruísta pensando nos desejos do Conselho em tê-lo de volta e ainda usar da participação de Andre tal qual na temporada anterior, doeu demais. Foi sujo, foi ridículo e eu ainda estou sentindo muito por Keem. A moça da plateia quem tem razão, Cookie deveria ser CEO da Empire, obviamente. Não há ninguém melhor pro cargo e eu espero que eles não demorem a descobrir isso! 

Dre e Rhonda parecem estar começando a acertar o relacionamento, conversando melhor sobre seus problemas, mas me entristece que a série não lhe veja de outra forma além de duas pessoas completamente obcecadas pelo poder e que apenas funcionam se estiverem envolvidas em joguinhos... PREGUIÇA DISSO! O mesmo Lucious que levou o primogênito ao túmulo da avó e fez um discurso tocante sobre presentes e danos acerca do comportamento da mãe, ofereceu 10 milhões de dólares a Anika pelo neto - sem contar com as constantes ameaças feitas, principalmente, sobre a hora do parto. Não é fácil digerir as cenas deste homem! Ele mescla traços de humanidade ao citar a mãe, mas nada acontece sem obedecer o plano de virar o jogo a favor de si mesmo. Minha única dúvida é se ele, realmente, não sabe que a mãe está viva. Espero que não, porque seria uma reviravolta deliciosa de assistir com toda a vulnerabilidade trazida à tona... será que este advogado é outro snitch bitch de marca maior? Tô louca pra gritar um meme, me ajuda, produção!!

Eu adoro a parceria Jamal e Freda, mas também entendo completamente o medo de Cookie sobre essa amizade. Se Freda reagiu daquele jeito porque sentaram na cadeira do pai dela, imagina o que acontecerá quando descobrir quem o matou... Mama C providenciou o feat de Mal com Stacee Run-Run como uma alternativa de tirar o filho da convivência da filha de Frank, mas as coisas não saíram como o planejado: Jamal canta pela alegria pura e simples de fazer música, não apenas pra derrotar o pai ou ganhar prêmios e, convenhamos, esse duo tá ficando incrível, né? Novos RiRi e Eminem, como diria Becky! Sob o anúncio de que 'a Lyon will fall' nos episódios seguintes, a série promete fortes emoções!

PS.: Anika não parece agir como quem empurrou Rhonda e, agora, eu tô toda me coçando pra desvendar esse trem. Ou será que foi ela durante um surto psicótico? Ajuda ai, produção!
PS¹.: Depois de um DNA feito na surdina, Lola foi confirmada como não sendo filha de Jamal e, agora, Boo Boo Kitty é a única com um herdeiro para os Lyon...
PS².: Leah Mary Walker, só veeeeeeeeeem!
Share on Google Plus

About Vanessa Reis

Hey 23, call me! (@neereis)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário